O Parque Florestal de Monsanto é a maior área verde de Lisboa, um refúgio de silêncio, paz e sossego, onde rapidamente nos esquecemos de que moramos numa grande cidade.

Nos fins-de-semana em que não vamos para fora, fugimos muitas vezes para Monsanto para caminhar na natureza. Até 2018, não havia percursos pedestres sinalizados e era fácil perdermo-nos. Andávamos um pouco à deriva mas, ainda assim, não é que encontrávamos frequentemente a mesma senhora? Parecia uma daquelas velhinhas que antigamente se viam nas aldeias; vestia-se toda de preto e deambulava sozinha pelos pinhais mais sombrios com um cajado na mão.

Felizmente, hoje em dia, já há trilhos marcados em Monsanto. Apesar de ainda não termos experimentado todos, aquele de que mais gostámos até agora chama-se “Volta do Planalto”.

Volta do Planalto

  • Tipo de itinerário | Circular
  • Extensão | 7 km
  • Duração | 1h30
  • Grau de dificuldade | Fácil
  • Ponto de partida e chegada | Parque de estacionamento situado a norte do Bairro da Serafina, nas imediações dos Jardins de Campolide. Coordenadas: 38°44’10.2″N 9°10’21.7″W
  • Tipo de piso | Maioritariamente gravilha
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto

Razões para fazer este trilho

Um dos motivos por que gostamos tanto deste percurso pedestre é o facto de ser diversificado, oferecendo uma visão bastante completa do que é o Parque Florestal de Monsanto.

Em termos de vegetação, a paisagem varia entre pinheiros-mansos, ciprestes-do-Buçaco, sobreiros e azinheiras. Se permanecermos em silêncio, é fácil ouvirmos diversas aves. Além disso, foi na “Volta do Planalto” que descobrimos, pela primeira vez, um esquilo vermelho apesar destes roedores, introduzidos em 1933, serem muito difíceis de avistar.

Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto

Principais pontos de interesse

Igualmente diversificadas são as atrações ao longo do trilho. Senão vejamos:

Pista do Aqueduto | Um caminho onde existem vários respiradouros do Aqueduto das Águas Livres, uma grandiosa estrutura do séc. XVIII que, em tempos, abasteceu Lisboa de água.

Parque da Pedra | Uma zona dominada por ciprestes-do-Buçaco, onde se aproveitou a “cratera” deixada pela antiga pedreira da Serafina para se implementar uma série de equipamentos recreativos.

Miradouro Panorâmico de Monsanto | Há quem diga que o abandonado restaurante panorâmico de Monsanto é a melhor vista de Lisboa. Está no topo do Parque Florestal e oferece uma visão de 360º não só sobre a imensa área verde, mas também sobre a cidade. É possível visitá-lo gratuitamente.

Parque do Calhau | Um grande prado salpicado de sobreiros e azinheiras, à semelhança de um montado alentejano;

Miradouro do Moinho das Três Cruzes | As ruínas de um muitos dos moinhos que existiram em Monsanto nos tempos em que, em vez de floresta, havia apenas campos de cereais.

Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto

O regresso à cidade

Do Miradouro do Moinho das Três Cruzes avista-se novamente a mancha urbana de Lisboa, lembrando-nos de que estamos, afinal, muito perto da cidade e prestes a regressar a ela.

Segundo alguns estudos científicos, não regressaremos, todavia, iguais. Deambular tranquilamente pela floresta, respirar ar puro, ouvir os sons da natureza, sentir o aroma das árvores – são coisas que reduzem a ansiedade, ajudam-nos a relaxar e fazem-nos sentir bem.

Quem diria que isso era possível a poucos minutos do centro de Lisboa?

Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto

Guia prático

Dicas

  • A melhor forma de se orientar no Parque Florestal é consultando o Mapa Geral de Monsanto, onde estão assinaladas os principais locais de referência, bem como todos percursos pedestres, incluindo a Volta do Planalto.
  • Se não quiser ir de carro, poderá chegar ao início do trilho a pé ou de bicicleta. O Corredor Verde de Monsanto permite um acesso direto ao Parque Florestal de Monsanto para peões e ciclistas provenientes da Baixa de Lisboa e do Parque Eduardo VII.
  • Uma vez no parque de estacionamento, onde tem início o trilho, há que subir a pé pelo caminho que sai do canto superior esquerdo, onde está colocado um mapa geral do parque. Se não o levar consigo, é aconselhável tirar-lhe uma fotografia. Por vezes, a sinalização ao longo do trilho é confusa e olhar para o mapa ajuda.
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto

O que levar

  • Roupa e calçado confortáveis para caminhadas
  • Mochila pequena
  • Água e comida energética (p.ex: bananas ou barritas de cereais)
  • Telemóvel (sobretudo para emergências)
  • Saco para o lixo

Recomendações

  • Respeite o sossego do local, evitando falar alto ou fazer barulho;
  • Não deixe lixo à sua passagem. Transporte-o consigo e deposite-o nos locais apropriados.
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto
Trilho da Volta do Planalto, Parque Florestal de Monsanto

Veja mais sobre Monsanto:

Mais artigos sobre Lisboa:

Se gostou deste artigo, pode deixar um comentário em baixo e seguir-nos através do Instagram e Facebook. A si não custa nada e a nós motivar-nos-á a partilhar mais experiências de viagem. Boas viagens à solta!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *