Pesquisamos na Internet por “Roteiro para visitar Lisboa”. O quê? Aparecem mais de 17 mil resultados? Como saber qual seguir? Bem, a maioria dos roteiros foi escrita por quem só esteve de passagem ou durante poucos dias na cidade. Este, pelo contrário, foi pensado por quem mora em Lisboa há mais de dez anos e conhece profundamente a cidade.

Além disso, é um roteiro variado que permite obter uma boa amostra do que a cidade tem para oferecer. Em apenas um dia, visitaremos os principais monumentos; conheceremos tanto o centro histórico como o rio Tejo e andaremos de elevador, elétrico, comboio (trem) e até de barco ou, então, veremos tudo de tuk tuk. Vamos a isso?

Este roteiro leva-o pelas zonas mais turísticas de Lisboa: Baixa Pombalina, Bairro Alto, Chiado, Graça, Castelo de São Jorge e Belém. Se preferir locais mais tranquilos, vejo o nosso artigo Lisboa fora dos roteiros habituais – 10 coisas alternativas para ver e fazer em Lisboa (em breve no blogue).

 

Roteiro para visitar Lisboa - Senhora com o gato à janela
Senhora com o gato à janela no Bairro Alto

Roteiro para visitar Lisboa (1 dia)

De manhã

Praça do Comércio/ Terreiro do Paço

A Praça do Comércio, também conhecida como Terreiro do Paço, é a principal praça da cidade. Junto ao rio Tejo, poderá ver o Cais das Colunas, evocando o período áureo de Portugal, nomeadamente a partida e a chegada das naus durante a Era dos Descobrimentos (séc. XV e XVI). No centro da praça, vê-se a estátua equestre de D. José I, o rei responsável pela reconstrução de Lisboa após o devastador Terramoto de 1755. Atrás, fica o Arco da Rua Augusta, um dos ex-libris da cidade de Lisboa, construído após o terramoto, e que funciona como uma porta de entrada triunfal na cidade. O arco é visitável e tem boas vistas lá de cima mas, se só tem um dia disponível, o melhor é continuar a andar.

Rua Augusta

Percorra a pé a Rua Augusta, que liga o Terreiro do Paço ao Rossio. Trata-se de uma das principais artérias da reconstrução pombalina após o terramoto e a maioria dos seus edifícios ainda estão intactos e bem preservados. No caminho, poderá ver (ao longe) o Elevador de Santa Justa, uma estrutura de ferro fundido e trabalhos em filigrana, que liga a Baixa Pombalina ao Largo do Carmo desde 1902.

Rossio/ Praça D Pedro IV

No final da Rua Augusta, vire à esquerda para visitar a Praça D. Pedro IV, também conhecida como Rossio. No meio da praça, encontra-se a estátua do rei D. Pedro IV de Portugal e I do Brasil (1798-1834). O edifício ao fundo, com umas colunas, é o Teatro Nacional D. Maria II. Virando à esquerda, passará pelo magnífico edifício da Estação do Rossio, em estilo manuelino, até chegar à Praça dos Restauradores.

Mapa para visitar Lisboa de manhã
Mapa para visitar Lisboa de manhã

Praça dos Restauradores

Percorra toda a Praça dos Restauradores cujo monumento em forma de obelisco comemora a restauração da Independência de Portugal de Espanha em 1640. Repare ainda nos edifícios históricos que circundam a praça como o Palácio Foz (actual Posto de Turismo), até encontrar, ao fundo e do lado esquerdo, o Ascensor da Glória.

Apanhe o Ascensor da Glória

O relevo acidentado de Lisboa, conhecida como a cidade das sete colinas, sempre dificultou a circulação de pessoas e bens. Para facilitar o dia-a-dia a quem se deslocava na cidade, foram construídos vários ascensores e um elevador, atualmente classificados como Monumentos Nacionais. Ligando a Baixa Pombalina ao Bairro Alto (Miradouro de São Pedro de Alcântara), o Ascensor da Glória foi inaugurado em 1885, sendo um dos mais utilizados de Lisboa.

Horário e preços do Ascensor da Glória: http://www.carris.pt/pt/ascensores-e-elevador/

Miradouro de São Pedro de Alcântara

Situado numa das sete colinas de Lisboa, o Miradouro de São Pedro de Alcântara proporciona uma das melhores vistas sobre a cidade de Lisboa, nomeadamente sobre a Baixa Pombalina, o Castelo de São Jorge e os bairros da Graça e de São Vicente de Fora.

Roteiro para visitar Lisboa - Vista do Miradouro de São Pedro de Alcântara
Vista do Jardim do Torel a partir do Miradouro de São Pedro de Alcântara

Roteiro para visitar Lisboa - Vista a partir do Miradouro de São Pedro de Alcântara
Vista do Miradouro de São Pedro de Alcântara

Praça Luís de Camões

Do Miradouro de São Pedro de Alcântara desça pela Rua da Misericórdia até à Praça Luís de Camões, um dos mais famosos poetas portugueses. Repare na sua estátua em bronze no centro da Praça e na típica calçada portuguesa aos seus pés.

Ascensor da Bica

Da Praça Luís de Camões, siga a pé pela Rua do Loreto e depois pelo Largo do Calhariz. Na terceira rua à esquerda, encontrará o fotogénico Elevador da Bica.

Apanhe o Elétrico 28 até ao Largo da Graça

No Largo do Calhariz, nº 2, apanhe o Elétrico 28 (paragem: Calhariz – Bica). Considerado um dos ex-libris de Lisboa, o Elétrico 28 é uma das melhores formas de conhecer a cidade. Além de poder descansar as pernas de tanta subida e descida pelas calçadas de Lisboa, poderá ver pelas suas janelas:

  • O Chiado, um dos bairros mais cosmopolitas e históricos da cidade;
  • O Terreiro do Paço;
  • A Sé de Lisboa (séc. XII);
  • O Largo das Portas do Sol e o Miradouro de Santa Luzia, que oferecem das mais belas vistas de Lisboa;
  • O bairro de Alfama, um dos bairros mais típicos de Lisboa e berço do Fado;
  • O Largo da Graça, situado na mais alta colina de Lisboa.
Dicas:

 

Roteiro para visitar Lisboa - Elétrico 28
O famoso Elétrico 28

Roteiro para visitar Lisboa - Elevador da Bica e pormenores das ruas de Lisboa
Elevador da Bica e pormenores das ruas de Lisboa

Miradouro da Graça e Castelo de São Jorge

Chegando ao Largo da Graça, saia do elétrico e aproveite para visitar o Miradouro da Graça e depois o Castelo de São Jorge, ambos com vistas magníficas sobre Lisboa.

Horário e preços para visitar o Castelo de São Jorge: http://castelodesaojorge.pt/site/pt/precos-horarios-e-informacoes-uteis/

Portas do Sol e Sé de Lisboa

A partir do Castelo de São Jorge, regresse a pé à Baixa Pombalina, parando nos seguintes locais por onde já tinha passado de elétrico: Largo das Portas do Sol, Miradouro de Santa Luzia (mesmo ao lado) e Sé de Lisboa.

Almoço

Aproveite para almoçar em Alfama ou então na Baixa.

Roteiro para visitar Lisboa - Miradouro de Santa Luzia
Miradouro de Santa Luzia, situado ao lado do Largo das Portas do Sol

Roteiro para visitar Lisboa - Estátua de São Vicente, o santo padroeiro de Lisboa
Estátua de São Vicente, o Santo Padroeiro de Lisboa

Roteiro para visitar Lisboa - Vista sobre o terminal de cruzeiros de Lisboa a partir do Miradouro de Santa Luzia
Vista sobre o Terminal de Cruzeiros de Lisboa a partir do Miradouro de Santa Luzia

À tarde

Apanhe um comboio (trem) até Belém

Depois de almoço, apanhe um comboio na estação do Cais do Sodré até à estação de Belém. A belíssima viagem demora cerca de 15 minutos e acompanha sempre o rio Tejo.

Dicas:

Suba à cobertura do MAAT

Inaugurado em 2016, o MAAT é um espaço dedicado à arte contemporânea, arquitetura e tecnologia. Não deixe de subir gratuitamente à sua cobertura, que é como uma grande varanda voltada para o rio Tejo.

Mesmo ao lado do MAAT, fica o Museu da Eletricidade onde se produzia a energia elétrica fornecida à cidade de Lisboa desde inícios do século XX.

Roteiro para visitar Lisboa - Vista do MAAT a partir do Tejo
Vista do MAAT a partir do Tejo

Roteiro para visitar Lisboa - Museu da Eletricidade
Museu da Eletricidade

Visite o Museu Nacional dos Coches

O Museu Nacional dos Coches é um dos museus mais visitados de Portugal. Nele poderá ver a mais importante colecção de coches do mundo, nomeadamente uma colecção de viaturas pertencentes à Família Real portuguesa desde o século XVI até finais do século XIX.

Dicas:

  • Nas proximidades, não deixe de visitar o magnífico Picadeiro Real, que se mantém visitável como núcleo expositivo do Museu
  • Horário e preços do Museu dos Coches: http://museudoscoches.gov.pt/pt/visite/

Pastéis de Belém

A caminho do Mosteiro dos Jerónimos, prove o doce mais famoso de Lisboa. Normalmente, à entrada do edifício, há uma grande fila de pessoas que querem comprar pastéis, mas não se assuste. A fila anda rápido e não terá de esperar muito tempo.

Mapa para visitar Lisboa à tarde
Mapa para visitar Lisboa à tarde (zona monumental de Belém)

Visite o Mosteiro dos Jerónimos

Obra-prima da arquitetura Manuelina, o Mosteiro dos Jerónimos foi encomendado pelo rei D. Manuel I, pouco depois de Vasco da Gama ter descoberto o caminho marítimo para a Índia. No seu interior estão os túmulos de algumas das personalidades mais importantes da história portuguesa, como os reis D. Manuel I, D. João III e D. Sebastião, assim como os túmulos do Infante D. Henrique, Vasco da Gama, Luís de Camões e Fernando Pessoa.

Dicas:

 

Roteiro para visitar Lisboa - Vista aérea do Mosteiro dos Jerónimos
Vista aérea do Mosteiro dos Jerónimos

Torre de Belém (só por fora)

Património da Humanidade da UNESCO, a Torre de Belém situa-se junto ao rio Tejo e é um dos monumentos mais marcantes de Portugal, simbolizando um país virado para o mar e para a descoberta do mundo.

Padrão dos Descobrimentos (só por fora)

Este monumento, inaugurado em 1960, é uma ode à história de Portugal e tem como figura máxima o Infante D. Henrique, grande impulsionador das viagens marítimas portuguesas, que levaram à descoberta de novas terras e rotas comerciais.

No terreiro de acesso ao Padrão dos Descobrimentos, existe uma Rosa-dos-Ventos, cujas naus e caravelas embutidas marcam as principais rotas dos Descobrimentos Portugueses.

Roteiro para visitar Lisboa - Padrão dos Descobrimentos e Torre de Belém ao fundo
Padrão dos Descobrimentos e Torre de Belém ao fundo

Apanhe um barco para o Terreiro do Paço

No final da visita à zona monumental de Belém, apanhe o barco Yellow Boat na Estação Fluvial de Belém. O barco levá-lo-á ao Terreiro do Paço, proporcionando-lhe uma perspetiva diferente de Lisboa, vista do rio.

Ribeira das Naus

Quando chegar ao Terreiro do Paço, percorra a pé a Avenida da Ribeira das Naus até ao Cais do Sodré, sempre junto ao rio Tejo.

Jantar

Mercado da Ribeira/ Time Out Market

No mesmo edifício onde ainda se vende carne, peixe, fruta e flores, existe um espaço gastronómico onde se reúnem alguns dos melhores restaurantes de Lisboa, a preços bastante acessíveis.

Dicas:

  • É importante chegar cedo para arranjar facilmente um lugar sentado no Mercado, especialmente aos fins-de-semana e durante o verão.
  • Se ainda tiver pedalada para a noite, explore a zona do Cais do Sodré.

 

Roteiro para visitar Lisboa - Gato à janela em Alfama
Mais um gato em Alfama

Últimas dicas para visitar Lisboa

  • Lisboa é conhecida pela cidade das 7 colinas. Isso quer dizer que, ao visitá-la a pé, terá de subir e descer várias ruas. Por isso, é importante usar roupa e calçado confortáveis.
  • Os transportes públicos são a forma mais econónimca para se deslocar dentro da cidade. Aconselhamos que compre um bilhete diário (24h) para a Carris/Metro/CP. Preço: €10,60. O bilhete é válido para um número ilimitado de viagens, desde a primeira validação de entrada, podendo ser usado nos autocarros (onibus), nos elétricos (incluindo o clássico 28), nos elevadores e nos ascensores da Carris (como o da Glória, p. ex.), no metro e no comboio da CP para Belém.
  • Se decidir visitar o Museu dos Coches e o Mosteiro dos Jerónimos, como sugerimos neste artigo, é ainda mais vantajoso comprar o Lisboa Card. Preço: €20,00 por dia. Além de incluir entrada livre para esses monumentos (entre outros), o cartão permite igualmente viagens gratuitas e ilimitadas para autocarro (onibus), elétricos , elevadores e ascensores, metro e comboio.
Outra alternativa para descobrir Lisboa em família ou com amigos, sem se cansar e em segurança, nestes tempos de Covid-19, é fazer um passeio de tuk tuk. Recentemente demos uma voltinha numa Sardinha do Bairro e adorámos. Além de ser divertido andar nestes veículos de três rodas, têm motor elétrico e silencioso. Em poucas horas, não só revisitámos as principais atrações turísticas, mas também ficámos a conhecer alguns locais pouco conhecidos e factos, histórias e lendas interessantes sobre a cidade. Recomendamos vivamente!

 

Um dos Tuk Tuk dos Sardinha do Bairro

Onde dormir em Lisboa

Não faltam alojamentos em Lisboa, mas estes são os nossos preferidos, não só pela sua localização, mas também pela decoração dos seus espaços interiores:

€€€€
Memmo Alfama – Design Hotels
1908 Lisboa Hotel

€€€
My Story Hotel Tejo
Inspira Santa Marta Hotel

€€
The Optimistic Hotel
TURIM Saldanha Hotel


Yes Lisbon Hostel
Home Lisbon Hostel

Roteiro para visitar Lisboa - Ponte 25 de Abril
Ponte 25 de Abril

Mais artigos sobre Lisboa:

Acompanhe o Viagens à Solta no Instagram e no Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *