Voltámos ao Parque Florestal de Monsanto, em Lisboa, para percorrer a Rota da Água, um percurso pedestre circular de 7,8 km que, sendo fácil e plano, pode ser feito por toda a família.

Como o nome sugere, a Rota da Água segue a linha do Aqueduto das Águas Livres. Esta notável obra de engenharia do século XVIII abasteceu Lisboa de água até à década de 60 do século XX e o trilho passa por vários dos seus respiradouros, cuja função era oxigenar a água, garantindo a sua qualidade.

Uma vez que a Rota da Água é um percurso circular, pode-se iniciar em diferentes pontos. Nós começámos no parque de estacionamento do Centro de Interpretação de Monsanto (CIM), a porta de entrada para quem quer conhecer a maior área verde de Lisboa de uma forma mais aprofundada. A partir daí, seguimos a sinalização azul-clara, no sentido dos ponteiros do relógio.

Dica: aconselhámo-lo a fazer a rota nesse sentido, porque a sinalização no sentido contrário é inexistente e, assim, orientar-se-á mais facilmente.

Pista do Aqueduto, Parque Florestal de Monsanto, Lisboa
Um dos vários respiradouros do Aqueduto das Águas Livres por onde passa a Rota da Água no Parque Florestal de Monsanto

Pontos de interesse

Além do CIM, a Rota da Água passa por outros pontos emblemáticos do Parque Florestal de Monsanto, nomeadamente:

Espaço Biodiversidade

Inserido no CIM, é constituído por 16 hectares vedados de floresta, só podendo ser conhecido através de visita guiada.

Mata de São Domingos de Benfica

A zona mais antiga de Monsanto, distinguindo-se pela vegetação exuberante e árvores de grande porte, sobretudo eucaliptos.

Parque do Calhau

Prado onde predominam sobreiros e azinheiras, também conhecido como o Montado de Monsanto.

Dica: entre a Mata de São Domingos de Benfica e o Parque do Calhau, poderá visitar o Palácio do Marquês de Fronteira.

Pista do Aqueduto

Uma longa reta onde existem vários respiradouros do Aqueduto das Águas Livres.

Parque da Pedra

Uma zona dominada por ciprestes-do-Buçaco, onde permanece a “cratera” de uma antiga pedreira.

Parque Recreativo Alto da Serafina

Além de um parque infantil e de diversos equipamentos lúdicos para as crianças, inclui um miradouro com vistas incríveis sobre a cidade.

Isto tudo ao ar livre; com um baixo risco de contágio por Covid-19; no meio de vegetação variada: sobreiros, azinheiras, pinheiros-mansos, cedros-do-Buçaco, carvalhos e medronheiros; (mais) perto de quem amamos ou até sozinhos, que também é importante ouvirmo-nos a nós próprios de vez em quando.

Caracterização da Rota da Água

  • Localização | Zona norte do Parque Florestal de Monsanto, Lisboa
  • Tipo de percurso | Circular e sinalizado
  • Extensão | ~ 7,8 km
  • Duração | ~ 2h15
  • Nível de dificuldade | Fácil
  • Melhor altura para ir | Qualquer altura do ano
  • Mapa do trilho

O que levar

  • Calçado e roupa adequada para caminhadas
  • Mochila confortável
  • Água e comida energética
  • Um saquinho para colocar o seu lixo
  • Bastões de caminhada (apesar de não serem necessários neste trilho, ajudam a estabelecer um bom ritmo e a exercitar todo o corpo, incluindo braços e ombros).

Recomendações

  • Respeite o sossego do local, evitando falar alto ou fazer barulho;
  • Não deixe lixo à sua passagem. Transporte-o consigo e deposite-o nos locais apropriados.

Outros artigos de Monsanto

Outros artigos de Lisboa

Onde dormir

Em Lisboa, existem muitas opções de alojamento e de certeza que encontrará um que lhe agrade. Eis as nossas recomendações:

€€€€
Memmo Alfama – Design Hotels
1908 Lisboa Hotel

€€€
My Story Hotel Tejo
Inspira Santa Marta Hotel

€€
LX SoHo Boutique Hotel
TURIM Saldanha Hotel


Yes Lisbon Hostel
Home Lisbon Hostel

Apartamentos
Villa Baixa – Lisbon Luxury Apartments
Chiado Arty Flats

Se gostou deste artigo, pode deixar um comentário em baixo e seguir-nos através do Instagram e Facebook. A si não custa nada e a nós motivar-nos-á a partilhar mais experiências de viagem. Boas viagens à solta!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *