A Ria Formosa, uma zona húmida situada entre o mar e a costa do Algarve, foi eleita uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal.

São cerca de 18 mil hectares que se estendem ao longo de 60 km desde a Península do Ancão até à Manta Rota, abrangendo os concelhos de Loulé, Faro, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António. 

Protegida por um cordão dunar arenoso litoral, o Parque Natural da Ria Formosa constitui um lado mais selvagem da costa algarvia, longe das multidões e dos prédios que destroem a paisagem.

Inclui uma grande diversidade de ecossistemas (ilhas, praias, dunas, sapais, bancos de areia, salinas, lagoas, canais), o que também propicia uma enorme variedade de flora e de fauna, incluindo numerosas espécies de aves, como a galinha-sultana, símbolo do parque.

Ilha da Armona, Ria Formosa
Ilha da Armona

Neste guia, vai poder encontrar tudo o que precisa de saber para visitar a Ria Formosa, incluindo como ir às ilhas do Algarve e a praias paradisíacas; o horário dos barcos; o que vale a pena conhecer nas imediações; onde ficar alojado e a melhor altura para explorar esta área protegida. 

Conteúdos do guia:

  1. Ria Formosa: penínsulas, ilhas e praias
    1. Península do Ancão
    2. Ilha Deserta (ou Ilha da Barreta)
    3. Ilha da Culatra
    4. Ilha da Armona
    5. Ilha de Tavira
    6. Ilha de Cabanas
    7. Península de Cacela
  2. Mapa do que visitar na Ria Formosa
  3. O que visitar perto da Ria Formosa
  4. Onde ficar alojado
  5. Quando visitar a Ria Formosa
Ria Formosa

1. Ria Formosa: penínsulas, ilhas e praias

A Ria Formosa é formada por duas penínsulas e cinco ilhas, que servem de protecção a uma vasta área de sapal, canais e ilhotes.

São elas (de oeste para leste):

  • Península do Ancão
  • Ilha Deserta
  • Ilha da Culatra
  • Ilha da Armona
  • Ilha de Tavira
  • Ilha de Cabanas
  • Península de Cacela

1.1. Península do Ancão

A Península do Ancão delimita a Ria Formosa a oeste, aí se situando duas praias:

  • Praia de Faro (ou Ilha de Faro)
  • Praia da Barrinha (ou Barra de São Luís)

Praia de Faro (ou Ilha de Faro)

A Praia de Faro é a mais próxima da cidade de Faro. Ainda que seja habitada e tenha muita procura no verão, as dunas e o sapal vão gradualmente dominando a paisagem, à medida que nos afastamos das construções.

Onde fica? Sensivelmente a meio da Península do Ancão.

Como ir?

  • De carro | Siga pela N125-10, na direção do aeroporto de Faro; na rotunda do aeroporto, seguir a indicação “Praia de Faro”.
  • De autocarro | No verão, partem do terminal rodoviário de Faro com grande frequência. Consultar horários – Carreira 14.
  • De ferry boat | De Junho a Setembro, há ligações regulares a partir de Faro, mais propriamente a partir do Cais da Porta Nova, também conhecido como Portas do Mar. Consultar horários e preços.

Praia da Barrinha (ou Barra de São Luís)

A Praia da Barrinha é uma zona de grande beleza natural, sem edificações e normalmente deserta, de onde se avista a Ilha Deserta.

Onde fica? Na extremidade nascente da Península do Ancão.

Como ir?

  • A pé desde a Praia de Faro, através de um passadiço de madeira com 1,5 km de extensão, e caminhando pelo areal durante mais 1 km.
  • Através de uma embarcação particular ou barco-táxi.

1.2. Ilha Deserta (ou Ilha da Barreta)

A Ilha Deserta é, como o nome indica, uma área completamente desabitada da Ria Formosa. São cerca de 10 km de praia e de silêncio.

Como ir?

A animaris providencia transporte, durante todo o ano, em vários tipos de embarcações, inclusive de ferry, que é a opção mais barata. Partidas de Faro (Cais da Porta Nova). Consultar horários e preços

Praia da Ilha Deserta, Ria Formosa
Praia da Ilha Deserta e restaurante Estaminé, uma das escassas construções da ilha, completamente integrado na paisagem. Créditos: Animaris

1.3. Ilha da Culatra

A Ilha da Culatra tem 7 km de extensão e é habitada todo o ano, maioritariamente por pescadores e pelas suas famílias. Os habitantes da ilha distribuem-se por 3 povoações: Farol, Hangares e Culatra. 

Como só é acessível por barco, não há carros na ilha, reinando a paz e tranquilidade.

Na Ilha da Culatra, há 3 praias:

  • Praia do Farol (ou Ilha do Farol)
  • Praia dos Hangares 
  • Praia da Culatra

Mais sobre a Ilha da Culatra | Se ficou com vontade de ver fotografias e conhecer mais sobre esta ilha e as suas praias, recomendamos que leia o nosso artigo sobre o melhor da Culatra.

Ilha da Culatra, Ria Formosa
Ilha da Culatra. Créditos: João Domingos

1.4. Ilha da Armona

A Ilha da Armona tem 9 km de comprimento. Também é habitada e não existem carros nem estradas. Porém, ao contrário da Ilha da Culatra, o povoado que se estabeleceu na Armona é essencialmente de veraneio e muitas das casas são para alugar no verão, havendo também um parque de campismo com bungalows

Tirando essa parte habitada, o resto da ilha tem uma natureza selvagem.

Na Ilha da Armona, existem 4 praias:

  • Praia da Armona-Ria
  • Praia da Armona-Mar
  • Praia da Fuseta
  • Praia da Barra Nova

Mais sobre a Ilha da Armona:

Se está à procura de mais informação, recomendamos que consulte o nosso artigo sobre a Ilha da Armona onde não só explicamos como ir a cada praia, mas também indicamos os horários dos barcos quer para a Armona quer para a Fuseta.

Ilha da Armona, Ria Formosa
Ilha da Armona

1.5. Ilha de Tavira

A Ilha de Tavira tem cerca de 11 km de extensão e fica perto da cidade que lhe deu o nome. 

Banhada por águas serenas e cálidas, é um destino maravilhoso para quem procura tranquilidade à beira mar.

A ilha é constituída por 5 praias:

  • Praia do Homem Nu
  • Praia Naturista
  • Praia do Barril
  • Praia da Terra Estreita
  • Praia da Ilha de Tavira

Mais sobre a Ilha de Tavira | Quer ver fotos e conhecer mais sobre esta ilha e as suas praias, incluindo como chegar e os horários dos barcos? Então, leia o nosso artigo sobre o melhor da Ilha de Tavira.

Âncoras na Praia do Barril
Praia do Barril na Ilha de Tavira

1.6. Ilha de Cabanas

Situada a nascente de Tavira, a ilha de Cabanas é uma estreita língua de areia com 70 metros de largura e 7 km de comprimento. A ilha não é habitada e é uma das praias mais tranquilas da Ria Formosa, convidando a passeios pelo areal e a momentos de tranquilidade e isolamento.

Onde fica?

Em frente a Cabanas de Tavira (ou simplesmente Cabanas), uma povoação que ainda hoje se mantém terra de pescadores e cuja origem remonta às campanhas de pesca do atum.

Como ir?

O acesso é feito em pequenas embarcações de pescadores a partir da marginal de Cabanas, num passeio de aproximadamente 5 minutos.

Península de Cacela, Ria Formosa
Península de Cacela

1.7. Península de Cacela

A Península de Cacela é um cordão dunar que delimita a Ria Formosa a nascente, onde se situa a Praia da Fábrica (também conhecida como Praia de Cacela Velha ou Praia de Cacela).

A praia, considerada uma das melhores do mundo, é uma estreita língua de areia, deserta e selvagem, em permanente mutação pela ação do mar e dos ventos.

Onde fica?

Na extremidade poente da Península de Cacela.

Como ir?

  • De barco, a partir do Sítio da Fábrica, perto de Cacela Velha.
  • Se a maré estiver baixa, pode-se ir e regressar a pé.

2. Mapa do que visitar na Ria Formosa

Clique no botão “play” para visualizar o mapa.

3. O que visitar perto da Ria Formosa

  • Centro histórico de Faro, a capital do Algarve.
  • Olhão, conhecida como “vila cubista”, onde poderá visitar o famoso mercado do peixe.
  • Santa Luzia, povoação piscatória no coração da ria, onde se pode provar o prato tradicional de polvo.
  • Tavira, uma das cidades mais bonitas do Algarve.
  • Cacela Velha, uma vila de origem medieval, onde poderá contemplar uma magnífica vista sobre a Ria Formosa junto ao forte e saborear ostras produzidos na ria.
A caminho da Praia da Fuseta
A caminho da Praia da Fuseta

4. Onde ficar alojado

As cidades de Faro, Olhão e Tavira são boas bases para explorar a Ria Formosa. Em qualquer delas, existem muitas opções de alojamento e de certeza que encontrará um que lhe agrade. Eis as nossas recomendações:

Faro

Olhão

Tavira

Passadiços na Ilha da Culatra, Ria Formosa
Passadiços na Ilha da Culatra. Créditos: OsvaldoGago

5. Quando visitar a Ria Formosa

Qualquer altura é boa para visitar a Ria Formosa, uma vez que no Algarve as temperaturas são amenas praticamente todo o ano.

Verão

Os meses de junho a setembro são os ideais para fazer praia

Também poderá visitar as salinas de Olhão e de Tavira, em plena época de produção de sal.

Primavera

A primavera é excelente para quem gosta de fazer caminhadas. As temperaturas são agradáveis e poderá encontrar a flora e a vegetação dunar florida e perfumada.

Outono e Inverno

São as épocas de observação de aves e igualmente ótimas para caminhadas e passeios de barco.

Classificada como zona húmida de interesse internacional, a Ria Formosa é referência pela sua avifauna, sendo uma zona de passagem de rotas migratórias e um local onde aves provenientes do norte e centro da Europa passam o inverno.

Passeio de barco na Ria Formosa
Passeio de barco na Ria Formosa

Outros artigos da Ria Formosa

Mais sobre o Algarve

Se gostou deste artigo, pode deixar um comentário em baixo e seguir-nos pelo Instagram e Facebook. A si não custa nada e a nós motivar-nos-á a partilhar mais experiências de viagem. Boas viagens à solta!

2 Comentários

  1. Olá, vamos estar no Algarve na próxima semana, belas dicas que aqui têm! Vou “estudar ” tudo.
    Obrigada por isto! Beijinhos, Nádia

  2. Maria José Anacleto Bastos

    Excelente descrição.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.