Évora é uma das cidades de que mais gosto em Portugal, porque está cheia de memórias boas. Quando era criança, era sempre aí que a minha família parava durante meia-dúzia de dias, a caminho do Algarve. São memórias de verão, de roupas frescas, de um tempo sem preocupações, de brincadeiras com o meu irmão, de passeios com os meus pais por baixo das arcadas que conduzem à Praça do Giraldo, dos meus pais ainda novos e felizes por estarmos todos juntos.

Nessa altura, tive a sorte de ficar alojada num antigo convento e lembro-me perfeitamente dos tempos que aí passei, dos claustros por onde corria, dos quartos onde dormiram os monges, da bela sala de jantar com tetos em forma de abóboda e da grandiosa sala de estar onde descansávamos dos passeios pela cidade.

Convento do Espinheiro Historic Hotel & Spa

Hoje ainda existe um hotel assim em Évora. Não é o convento onde eu costumava ficar, mas tenho a certeza de que o Convento do Espinheiro ficará, de igual forma, gravado na memória de quem aí pernoitar.

O hotel inclui duas áreas históricas classificadas como Monumento Nacional: a Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro e a Capela Garcia de Resende. Tem claustros, grandes salas de estar e quartos dignos dos reis portugueses que o frequentaram.

Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro, Convento do Espinheiro, Évora
Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro

Uma das salas de estar do Convento do Espinheiro, um hotel histórico em Évora
Uma das salas de estar do Convento do Espinheiro

Suite do Convento do Espinheiro, um dos melhores hotéis de Évora
Suite no Convento do Espinheiro

Pormenores do Convento do Espinheiro, um dos melhores hotéis de Évora
Pormenores e humor no Convento do Espinheiro

Depois há um spa, uma piscina interior, uma piscina exterior no meio de olivais, um laranjal, coelhos-bravos à solta e oito hectares para passear. Imagina só as memórias que podes trazer de um sítio assim!

Piscina exterior do Convento do Espinheiro, um dos melhores hotéis de Évora
Piscina do Convento do Espinheiro

Coelhos bravos, Convento do Espinheiro, um dos melhores hotéis de Évora
Coelhos-bravos à solta nos jardins do Convento do Espinheiro

Jardins do Convento do Espinheiro, um hotel histórico em Évora
Tanques de pedra nos jardins do Convento do Espinheiro

Mais do que uma mera estadia

Não te vou contar a história deste convento do séc. XV, porque há uma visita guiada incluída na estadia. Incluída no preço está também uma prova de vinhos na antiga cisterna dos monges.

Antiga cisterna do Convento do Espinheiro, um hotel histórico em Évora
Adega (antiga cisterna) do Convento do Espinheiro

Pormenores do Convento do Espinheiro, um hotel histórico em Évora
Da esquerda para a direita: laranjal, Capela Garcia de Resende e arte sacra no Convento do Espinheiro

Prova de vinhos no Convento do Espinheiro, um dos melhores hotéis de Évora
Prova de vinhos no Convento do Espinheiro

Aos fins-de-semana, o hotel costuma ainda preparar uma surpresa para os hóspedes. A nossa foi uma observação de estrelas no jardim, depois do jantar no restaurante Divinus.

Restaurante Divinus

Situado na antiga adega do convento, este restaurante é o principal dos dois que existem no hotel (também há um italiano que fará as delícias dos mais novos).

Para nós, a refeição que fizemos no Divinus foi uma experiência inesquecível, tanto pelo ambiente como pela comida, que nos surpreendeu do princípio ao fim.

Divinus, o restaurante do Convento do Espinheiro e um dos melhores de Évora
Pormenores da Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro e degustação no Restaurante Divinus

Talhas no restaurante Divinus, Convento do Espinheiro, Évora
Talhas no restaurante Divinus

Divinus, o restaurante Convento do Espinheiro, um hotel histórico em Évora
Degustação no Restaurante Divinus

Viver a vida

Por tudo isto te digo: se puderes, vai ao Convento do Espinheiro, localizado às portas de Évora, cidade Património da Humanidade e uma das mais bonitas de Portugal.

Os dias que passas em casa a olhar para ecrãs são como se não existissem, porque não te lembras deles. No entanto, o tempo continua a passar e tu a envelhecer com ele.

Vai com a tua família, com a pessoa que amas ou sozinho. Vai de qualquer forma porque, nesses momentos, poderás ser tu próprio e fazer o que quiseres. Já basta os dias em que tens de trabalhar e não és realmente livre. Vai e traz memórias boas que darão sentido aos dias menos bons que nos esperam a todos. Afinal, já a capela mais famosa de Évora nos lembra que há ossos à espera dos nossos.

Reservar Convento do Espinheiro

Capela Garcia de Resende, Convento do Espinheiro, Évora
Capela Garcia de Resende, Convento do Espinheiro

Pormenores do interior do Convento do Espinheiro, um hotel histórico em Évora
Pormenores do interior do Convento do Espinheiro

Um dos quartos do Convento do Espinheiro, um hotel histórico Évora
Um dos quartos do Convento do Espinheiro

Terraço, Convento do Espinheiro, Évora
Terraço privado no Convento do Espinheiro

Mais artigos do distrito/região de Évora:

Acompanhe o Viagens à Solta no Instagram e no Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *