Este guia apresenta, de forma resumida, o que visitar em Évora, cidade Património Mundial situada no Alentejo, Portugal. Inclui também um mapa para visitar a cidade; informação sobre o que visitar nas proximidades, o que fazer em Évora, recomendações de hotéis e restaurantes, entre outras dicas úteis.

Tópicos

O que visitar em Évora

Évora é uma das cidades mais bonitas de Portugal, tendo sido considerada Património da Humanidade pela UNESCO em 1986.

O seu centro histórico, rodeado por muralhas, visita-se facilmente a pé em um ou dois dias.

Eis os seus principais pontos de interesse:

Praça do Giraldo

A Praça do Giraldo é a praça principal de Évora, cujas imagens de marca são as arcadas, a Igreja de Santo Antão e o chafariz. Este último foi uma das principais estruturas de abastecimento de água à população ao longo dos séculos e veio a tornar-se um dos símbolos da cidade. Quanto ao nome da praça, deve-se a Geraldo “Sem Pavor”, figura semilendária da época da reconquista, que aparece no brasão da cidade.

praça do giraldo
Igreja de Santo Antão e chafariz na Praça do Giraldo em Évora

Igreja de São Francisco

A actual igreja de São Francisco, de estilo manuelino-mudejar e renascentista, data do século XV. Teve anexo o Palácio Real e foi considerada como Igreja Real, tendo estado intimamente ligada ao período de expansão marítima de Portugal.

Capela dos Ossos

Situada no interior da Igreja de São Francisco, a Capela dos Ossos ficará para sempre gravada na sua memória – e mais não dizemos para não estragar a surpresa. Horários e preços no site oficial.

Sé Catedral de Évora

A Sé de Évora é a maior catedral medieval de Portugal (séc. XII-XIII). A não perder: os claustros, a capela-mor e, para os apreciadores, o Museu de Arte Sacra. Também vale a pena subir ao telhado da Sé, para uma vista panorâmica sobre a cidade. Horários e preços no site oficial.

Templo Romano de Évora (Templo de Diana)

O Templo Romano de Évora data do séc. I e é o principal vestígio de quando Ebora Liberalitas Iulia era uma das mais notáveis cidades romanas da Lusitânia. Terá sido dedicado ao culto imperial e não à deusa Diana como geralmente se pensa.

igreja de são francisco
Igreja de São Francisco, onde se situa a Capela dos Ossos

Largo Conde Vila Flor

Além do Templo Romano, é no Largo Conde Vila Flor que ficam alguns dos principais edifícios da cidade, nomeadamente:

  • Igreja dos Lóios
  • Conventos dos Lóios de Évora
  • Palácio Duques de Cadaval
  • Museu de Évora
  • Centro de Arte e Cultura

Igreja dos Lóios

A Igreja dos Lóios é uma das igrejas mais bonitas de Portugal, onde a azulejaria a azul e branco é elevada ao seu expoente máximo.

Convento dos Lóios de Évora

Este convento do século XV alberga atualmente um estabelecimento hoteleiro, a Pousada Convento de Évora ou Pousada dos Loios.

Palácio Duques de Cadaval

Embora continue a ser a residência dos Duques de Cadaval, algumas salas do Palácio estão abertas ao público, exibindo uma coleção de peças da família, além de exposições culturais e artísticas.

Museu de Évora

O Museu de Évora contabiliza cerca de 20 mil objetos, incluindo peças de arqueologia, artes plásticas e decorativas, assim como uma coleção de ciências naturais.

Centro de Arte e Cultura

Antigo Palácio da Inquisição, o Centro de Arte e Cultura é um espaço da Fundação Eugénio de Almeida destinado às artes e à cultura, com especial foco na arte contemporânea.

ruas em évora
Pormenores das ruas de Évora

Jardim de Diana

No prolongamento do Largo do Conde de Vila Flor, o Jardim de Diana convida a um descanso com vista para a planície alentejana.

Colégio do Espírito Santo

O Colégio do Espírito Santo é o edifício principal da Universidade de Évora, fundada pelo Cardeal D. Henrique no séc. XVI. A não perder: o grandioso claustro. Informação sobre visitas no site oficial.

Largo e Chafariz das Portas de Moura

O Largo das Portas de Moura é uma das praças mais emblemáticas da urbe quinhentista, rodeada por solares nobres das famílias mais importantes à época.

Igreja da Graça

Situada no Largo da Graça, a sua fachada é um belo exemplar do estilo renascentista (séc. XVI) . Mesmo ao lado, fica o Convento da Graça, cujo interior não se pode visitar, por servir hoje como Messe de Oficiais.

igreja da graça
Fachada renascentista da Igreja de Nossa Senhora da Graça

Jardim Público

Construído no séc. XIX, é um jardim magnífico: seja pela vegetação, seja pela tranquilidade que proporciona. A não perder:

  • Palácio de D. Manuel
  • Ruínas Fingidas

Palácio de D. Manuel

Construído no séc. XV, o Palácio de D. Manuel alojou os monarcas quinhentistas, que começaram a viver em Évora cada vez mais regularmente. A título de curiosidade, foi aí que Vasco da Gama foi investido como comandante da esquadra que descobriria o caminho marítimo para a Índia. Atualmente, só resta do palácio a Galeria das Damas.

Ruínas Fingidas

As ruínas fingidas, no Jardim Público de Évora, são uma espécie de ruínas falsas onde se observam elementos arquitetónicos mudéjares ou, simplesmente, um lugar encantado por pavões.

Muralhas de Évora

Os antigos muros de defesa de Évora rodeiam todo o centro histórico e é impossível não os ver quando se chega à cidade.

Aqueduto da Água de Prata

O Aqueduto de Évora foi inaugurado no séc. XVI com o objetivo de abastecer a cidade com água. Também é impossível não o ver, de tão grande que é. Contudo, nem todas as pessoas descobrem as casas construídas entre os seus arcos.

Mapa para visitar Évora

mapa do que visitar em evora
Mapa com as principais atrações turísticas de Évora

O que visitar perto de Évora

Para nós, estes são os lugares mais interessantes para visitar nos arredores de Évora:

A 5 – 10 minutos:

Moinhos do Alto de São Bento

Miradouro de onde se tem a melhor vista panorâmica sobre Évora.

Adega da Cartuxa

Uma das adegas mais prestigiadas de Portugal, onde se pode provar o afamado vinho e azeite alentejanos. Informação sobre visitas no site oficial.

évora vista do alto de são bento
Vista de Évora a partir do Miradouro dos Moinhos do Alto de São Bento

A 20 – 30 minutos:

Cromeleque dos Almendres

Construído há cerca de 7 mil anos, o Cromeleque dos Almendres é o maior recinto megalítico da Península Ibérica e um dos mais antigos do mundo. A pouco mais de 1 km, vale a pena visitar outro monumento megalítico: o Menir dos Almendres.

Arraiolos

A vila de Arraiolos é famosa pelos seus tapetes produzidos à mão. Igualmente a não perder: o castelo medieval e a Igreja do Salvador, com belíssimas pinturas.

Évora Monte

Évora Monte é uma vila histórica com um invulgar castelo do séc. XII e uma impressionante vista sobre a planície alentejana.

cromeleque dos almendres
Cromeleque dos Almendres

O que fazer em Évora

Na nossa opinião, estas são as melhores atividades em Évora:

  • Visitar o centro histórico de Évora, Património Mundial da UNESCO, especialmente a Praça do Giraldo, o Templo Romano de Évora (Templo de Diana) e a Capela dos Ossos;
  • Passear aleatoriamente pelas ruas da cidade;
  • Subir ao telhado da Sé Catedral de Évora, para uma vista abrangente sobre a cidade;
  • Comprar artesanato na Rua 5 de Outubro;
  • Ver Évora ao longe desde o Alto de São Bento;
  • Partir à descoberta do Cromeleque dos Almendres;
  • Provar a rica gastronomia alentejana como, por exemplo: sopa de tomate ou de cação, açorda alentejana, migas com carne de porco, ensopado de borrego, além de pão, azeite e vinho alentejanos;
  • Provar doces tradicionais, com destaque para o pão de rala (pode prová-lo na Pastelaria Conventual Pão De Rala) e as queijadas de Évora (há quem diga que as melhores são as da Pastelaria Violeta);
  • Fazer uma prova de vinhos e azeite na Adega da Cartuxa;
  • Fazer a Ecopista de Évora – Ramal de Mora, a pé ou de bicicleta;
  • Passar (pelo menos) uma noite no Convento do Espinheiro.
Moinhos do Alto de São Bento
Moinhos do Alto de São Bento, de onde se tem a melhor vista panorâmica sobre Évora

Hotéis em Évora

Em Évora, existem muitas opções de alojamento e de certeza que encontrará uma que lhe agrade. Eis as nossas recomendações:

€€€
Convento do Espinheiro
Albergaria do Calvário
M’AR De AR Aqueduto

€€
Evora Olive Hotel
The Noble House


Moov Hotel Évora
Hotel Ibis

Veja a nossa opinião sobre o Convento do Espinheiro e fotos do hotel.

Restaurantes em Évora

Há muitos mais restaurantes em Évora, mas estes são as nossas escolhas:

€€ – €€€

€€€€

  • Fialho | Especialidade: gastronomia alentejana.
  • Divinus | O restaurante do Convento do Espinheiro. Especialidade: sabores alentejanos misturados com inovação e criatividade.
ruinas fingidas em evora
Pavões nas Ruínas Fingidas no Jardim Público de Évora

Quando visitar Évora

Na nossa opinião, qualquer altura é boa para visitar Évora. Na primavera e no outono o clima é, todavia, mais ameno. Nos meses de julho e agosto, as temperaturas costumam ultrapassar os 30ºC.

Como chegar a Évora

  • De carro | Distância de Lisboa: 134 km (~1h30) | Do Porto: 410 km (~3h45)
  • De comboio | Horários e preços no site da CP – Comboios de Portugal
  • De autocarro | Horários e preços no site da Rede Expressos

Se partir de Lisboa e só quiser visitar o centro histórico de Évora, o comboio é uma boa solução, já que chegará à cidade em 1h30. Se pretender visitar os arredores de Évora, é melhor ir de carro.

Caso chegue a Évora de automóvel, poderá deixá-lo num dos vários parques de estacionamento exteriores às muralhas e depois visitar o centro a pé. Nós costumamos estacionar no parque do Monumento aos Mortos da Grande Guerra.

aqueduto de evora
Aqueduto de Évora

Outros artigos do Alentejo

Se gostou deste artigo, pode deixar um comentário em baixo e seguir-nos através do Instagram e Facebook. A si não custa nada e a nós motivar-nos-á a partilhar mais experiências de viagem. Boas viagens à solta!

4 Comentários

  1. Parabéns visita em breve. Vou partilhar. Bem haja.

  2. Carreira Daniel Carvalho

    Belo artigo . Feito por quem gosta .de ajudar .

  3. Obrigada muito útil.

  4. Obrigada muito útil. Vou fazer a viagem de comboio.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *