A Senda del Oso (em português: “O Caminho do Urso”), nas Astúrias, é uma antiga linha férrea mineira, convertida num via verde pavimentada, que atravessa bosques, montanhas, túneis, pontes, desfiladeiros e paisagens naturais impressionantes.

Apesar de ser bastante extensa, é muito fácil de fazer de bicicleta, sendo acessível a pessoas de todas as idades, incluindo crianças.

Os pontos mais em emblemáticos da Senda del Oso são o Desfiladeiro de Valdecerezales, o Desfiladeiro de Peñas Juntas e o Cercado da Fundação Urso das Astúrias, um terreno com mais de 4 hectares onde vivem as ursas Paca e Molina. Quando eram pequeninas, estas duas ursas-pardas-cantábricas ficaram orfãs por causa de um caçador furtivo e depois foi impossível reintroduzi-las na naureza, por estarem habituadas à presença humana.

Senda del Oso de bicicleta

Apesar da Senda del Oso estar entre os pontos mais visitados das Astúrias e ser tão famosa em Espanha, superou completamente as nossas expetativas, não só porque as paisagens são muito mais bonitas do que nas fotos, mas também porque nos voltámos a sentir crianças e até conseguimos ver as ursas Paca e Molina!

Bicicletas a postos, cabelos ao vento, aqui vamos nós! Adeus preocupações! Olá alegria!

Dados práticos sobre a Senda del Oso

Onde fica

A Senda del Oso fica nas Astúrias, no norte de Espanha (google maps), a aproximadamente 30 km de Oviedo e 40 km de Somiedo.

Distâncias de carro

  • Porto: 493 km
  • Lisboa: 766 km
Ponte na Senda del Oso

Como fazer a Senda del Oso

A Senda del Oso tem diversas rotas e variantes. O trajeto mais simples e famoso, seguido pela maioria dos turistas, tem 18 km de extensão e um sentido único.

Fazê-lo a pé implica, pois, andar 36 km, ida e volta, ou pelo menos 18, se dispuser de um carro em cada extremo. Por essa razão, o melhor é fazer a Senda del Oso de bicicleta. Melhor ainda: há várias empresas que não só alugam bicicletas, mas também recolhem as pessoas em carrinhas no final do trajeto, transportando-as ao ponto de partida, a preços bastante acessíveis.

Bosque na Senda del Oso

Alugar bicicletas na Senda del Oso

Nós alugámos as bicicletas através do website bicisendadeloso.es e só temos bem a dizer. Recolhemos as bicicletas na localidade de Entrago e, nessa altura, explicaram-nos o percurso e deram-nos um mapa, com indicação das horas a que as carrinhas recolhem as pessoas no final, assim como um número de telemóvel, caso precisássemos de ajuda.

Preço total: cerca de 20 euros.

A que horas é recomendável começar a Senda del Oso?

A empresa de aluguer de bicicletas abre às 10 da manhã. Por isso, poderá começar a Senda del Oso a essa hora, de modo a chegar ao final a tempo de almoçar.

Em alternativa, poderá começar depois de almoço, a partir das 14-15h, e fazer o percurso nas calmas, já que a última recolha é às 18:00, na Área recreativa de Buyera.

Senda del Oso

Senda del Oso com crianças

O trajeto mais famoso da Senda del Oso é muito simples e quase sempre a descer, logo é acessível a crianças de todas as idades e ideal para ser percorrida em família.

Podem-se alugar bicicletas de criança e, para as que não conseguem pedalar, é possível alugar carrinhos ou cadeiras para acoplar às bicicletas dos adultos.

Que trajeto de bicicleta fazer na Senda del Oso? Quantos km são?

O percurso da Senda del Oso tem forma de Y, bifurcando na localidade de Caranga de Abajo, como mostra o seguinte mapa:

mapa senda del oso

Se quiser fazer a Senda del Oso numa bicicleta alugada e com serviço de recolha, o percurso começará em Entrago e terminará na área recreativa de Buyera, a seguir a Proaza e ao recinto dos ursos.

A sinalização é boa ao longo de todo o caminho e não há como se perder.

Eis as 3 rotas mais comuns:

Rota 1 – Muito fácil

A rota desde Entrago até Buyera é a mais fácil, porque é sempre a descer. Praticamente só tem de se deixar levar. Logo, é a mais recomendável para crianças e pessoas em má forma física.

Eis o resumo desta rota:

Entrago -> Área recreativa de Buyera
Desnível: descendente
Distância: 18 km
Tempo estimado: 2 horas

Rota 2 – Fácil

Quem quiser poderá fazer a rota anterior, acrescentando-lhe um pequeno desvio até ao “Embalse de Valdemurio” (10 km, ida e volta). Foi o que nós fizemos e valeu a pena, porque as paisagens são muito bonitas e a albufeira parece um autêntico lago de montanha – um sítio ideal para relaxar e recarregar energias, onde até se podem alugar canoas.

Tenha, porém, em conta que o desvio até ao Embalse de Valdemurio exige algum esforço, já que os 5 km que o separam da bifurcação de Caranga de Abajo são sempre a subir. Se lhe estiver a custar, lembre-se: depois será sempre a descer até ao final!

Eis o resumo desta rota:

Entrago -> Embalse de Valdemurio -> Área recreativa de Buyera
Desnível: descendente em 80%
Dificuldade: fácil
Distância: 28 km
Tempo estimado: 3 horas

Rota 3 – Exigente

Se tiver vontade de fazer mais quilómetros e estiver em boa forma física, poderá fazer o seguinte percurso:

Entrago -> Santa Marina -> Área recreativa de Buyera
Desnível: descendente em 70%
Distância: 48 km
Tempo estimado: 6 horas

Nota: caso queira fazer o percurso de ida e volta entre Tuñón e Entrego ou entre Tuñón e Santa Marina, o melhor é começar em Tuñón. Assim, a ida será sempre a subir, mas o regresso será a descer.

Raios de sol

O que levar para a Senda del Oso

As empresas de aluguer de bicicletas providenciam as bicicletas e capacetes e asseguram, caso seja preciso, assistência durante a Senda del Oso.

Mesmo assim, é imprescindível levar:

  • Água, porque ao longo do caminho não há onde comprar bebidas e convém estar hidratado;
  • Algo para comer, como barritas de chocolate, bananas, frutos secos ou sandes;
  • Protetor solar;
  • Roupa desportiva;
  • Casaco impermeável (nas Astúrias, os aguaceiros são frequentes e também protege do vento).
Senda del Oso

Onde comemos

Em Proaza, perto do final da Senda del Oso, há vários restaurantes. No verão, convém reservar, porque costumam estar cheios.

Nós almoçámos na Sidreria Benjamin Clemente e recomendamos. O menu do dia custou 15 euros e incluiu primeiro e segundo pratos, bebida, pão e sobremesa. Comemos salada de salmão fumado e abacate; rabo de touro e tarte de queijo caseira. Tudo muito bom!

Onde ficar alojado perto da Senda del Oso

As localidades de Proaza e San Martín de Teverga contam com diversos hotéis e casas rurais. Nós ficamos alojados no Hotel Balcón de Agüera, em San Martín, porque fica muito perto de Entrago, onde começa a Senda del Oso.

Em San Martín, também descobrimos um restaurante maravilhoso, o La Chabola, onde comemos um inesquecível “arroz melosos de pitu caleya y setas” (risoto de galo e cogumelos).

Dica: também poderá ficar alojado em Oviedo, Gijón ou Avilés, já que são relativamente perto da Senda del Oso.

Rio, Senda del Oso

O que visitar perto da Senda del Oso

Desfiladeiro das Xanas

O Desfiladeiro das Xanas é outro desfiladeiro incrível, muito perto da Senda del Oso, ao qual se acede através de um percurso pedestre de 8 km (ida e volta), que muitos comparam à famosa Ruta del Cares nos Picos da Europa. Ainda que não seja tão espetacular, a Rota das Xanas foi igualmente talhada na rocha e decorre junto a precipícios impressionantes. Ainda por cima, é muito fácil e não há massificação turística, pelo que é ideal para fazer em família e para combinar com o passeio de bicicleta.

Mais sobre a Rota das Xanas »

desfiladeiro das xanas

Cascata de Xiblu

Para chegar à Cascata de Xiblu, também é preciso percorrer um trilho. São 7,4 km, cerca de 3 horas (ida e volta), ao longo de um magnífico bosque de faias, cujo auge é uma sucessão de 3 cascatas que superam os 100 metros de altura. Se quiserem “flipar”, como dizem os espanhóis, o melhor é ir no outono, quando as cores das faias estão especialmente bonitas, ou na primavera, quando as cascatas correm cheias de água.

Lagos de Saliência (Somiedo)

Os lagos de Saliencia são um magnífico conjunto de lagos de origem glaciar, rodeados por montanhas. Situam-se no Parque Natural de Somiedo e o o trilho circular para os ver começa no Alto de la Farrapona, a cerca de 30 km de Entrago, onde tem início a Senda del Oso. O percurso pedestre dos lagos é muito fácil e, se combinar os dois passeios, viverá uma experiência verdadeiramente inesquecível.

Mais sobre os Lagos de Saliência (em breve no blog)

lagos de saliencia

Mais sobre as Astúrias

Siga-nos no Instagram para mais ideias para férias, escapadinhas e fins-de-semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *