Ortisei é uma pequena localidade situada nas Dolomitas, uma cadeia montanhosa declarada Património da Humanidade, nos Alpes italianos.

Ao referirem-se às Dolomitas, as pessoas que já as visitaram, falar-vos-ão de paisagens, montanhas, lagos e florestas, usando adjetivos como “deslumbrante”, “esplêndido”, “incrível”, “grandioso”, “magnífico”, “ímpar”. Quase ninguém vos falará, porém, de Ortisei. Ora, Ortisei foi um dos lugares que eu mais gostei de conhecer nas Dolomitas.

Nos três dias que passámos em Ortisei, as nuvens baixas taparam quase tudo o que queríamos ver e fotografar nas proximidades, nomeadamente os píncaros das montanhas em Sella Pass, Seceda, Val di Funes e Alpe di Siusi. Estávamos, assim, a perder os locais que todos os guias e blogues de viagem referem como imperdíveis.

O que sente um viajante nessa altura? Tristeza e desilusão – sobretudo porque, antes das viagens, todos vemos fotografias fantásticas e lemos relatos elogiosos do que planeámos visitar. Se, por um lado, isso nos inspira a viajar; por outro lado, cria em nós expetativas tão elevadas que facilmente terminam em desilusão.

Não são fotografias de paisagem fantásticas nem relatos entusiasmados que, neste momento, temos para vos inspirar a viajar. O que vos queremos dizer é que, tal como a vida, as viagens são imprevisíveis e imperfeitas.

O mau tempo fez-nos um cerco nas Dolomitas. Forçou-nos a cair das alturas e a assentar os pés na terra, neste caso em Ortisei. Obrigou-nos a aceitar o presente e a vivê-lo da melhor maneira possível. Desse modo, revelou-nos o que não teríamos visto de outra forma e ainda nos reservou uma surpresa no final.

Guia prático para visitar Ortisei

O que ver e fazer em Ortisei

O centro de Ortisei é inteiramente pedonal e a sua rua principal é tida como “a mais bonita rua comercial das Dolomitas”. Na verdade, é tudo bonito.

  • Caminhe pelo centro pedonal de Ortisei, que liga a Capela de São Ulrich e a Igreja de Santo António;
  • Visite a Capela de São Ulrich e a Igreja de Santo António;
  • Deixe que os hotéis Adler e Cavallino Bianco o façam sonhar;
  • Repare nas casas de madeira, nos parapeitos floridos, nos desenhos antigos pintados nas paredes;
  • Atente nas esculturas de madeira espalhadas pelas ruas, uma arte tradicional da região;
  • Aconchegue-se num dos muitos cafés e casas de chá;
  • Aqueça-se e relaxe na piscina municipal/sauna;
  • Prove “speck”, isto é, presunto sem osso, uma especialidade local;
  • Em Dezembro, não perca o Mercado de Natal.

Outras sugestões do que fazer em Ortisei se estiver mau tempo nas alturas

  • Visite o Museu Gardena;
  • Faça escalada no Bouldering Climbing Centre;
  • Descubra os brinquedos de madeira do Vale Gardena;
  • Visite Castelrotto, considerada uma das aldeias mais bonitas de Itália.


“Obrigou-nos a aceitar o presente e a vivê-lo da melhor maneira possível. Desse modo, revelou-nos o que não teríamos visto de outra forma e ainda nos reservou uma surpresa no final.”


A surpresa no final do mau tempo: as montanhas das Dolomitas, ainda mais bonitas, cobertas de neve.

Onde (gostámos de) comer em Ortisei

Em Ortisei, há muita oferta de restaurantes, várias pizarias e opções para todas as bolsas.

Eis os dois restaurantes que experimentámos e aconselhamos:

  • Bar Ristorante & Pizzeria Cascade | É um pouco caro, mas gostámos muito da pizza de “speck” e do ambiente acolhedor;
  • Restaurante Pizzeria Erica | Fomos parar a este restaurante por engano, mas foi uma bela surpresa. Apesar do aspeto exterior não ser apelativo, a comida caseira convenceu-nos, especialmente a “polenta con funghi di bosco” e o tiramisú.

Onde (gostámos de) dormir em Ortisei

€€ Hotel Fortuna | Não é um hotel luxuoso, mas tinha tudo o que precisávamos: localização central, conforto, temperatura agradável, um quarto espaçoso com uma varanda aberta para as montanhas, funcionários simpáticos e um bom pequeno-almoço, durante o qual nos ofereceram: um passe de autocarro e um passe para irmos à piscina municipal/sauna.

Outras opções de alojamento em Ortisei:

O que visitar perto de Ortisei

Ortisei situa-se no centro do Vale Gardena e está rodeada por pastos de um verde intenso, pinheiros alpinos e majestosas montanhas. É, pois, o ponto de partida ideal para explorar as montanhas e os vales em redor, como por exemplo:

  • Seceda, Alpe di Suisi e Val di Funes | Três das atrações mais icónicas das Dolomitas. Os teleféricos para Seceda e Alpe di Siusi partem de Ortisei;
  • Rasciesa | Acesso por funicular a partir de Ortisei;
  • Sella Pass | Uma das estradas de montanha mais panorâmicas das Dolomitas.

Se gostou deste artigo, pode deixar um comentário em baixo e seguir-nos através do Instagram e Facebook. A si não custa nada e a nós motivar-nos-á a partilhar mais experiências de viagem. Boas viagens à solta!

Mais artigos sobre os Alpes:

2 Comentários

  1. Estou adorando ler esses textos tão bem escritos sobre viagens tão lindas e inspiradoras. E estou aproveitando muito as dicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *