Em Marrocos vêem-se gatos por todos os lados: nas ruas, nos telhados, no interior das casas, nos restaurantes, nos mercados, no deserto. A maior parte vive na rua. Uns não têm um dos olhos, vimos outro sem orelhas, os pequeninos são frágeis e só apetece pegá-los ao colo. À noite, ouvem-se alguns a lutar e, olhando atentamente para eles, adivinha-se que só os mais fortes sobrevivem. Foi logo em Chefchaouen (a primeira cidade que visitámos) que a dona de um restaurante nos explicou que, como antigamente não havia esgotos no país, os gatos eram usados para combater os roedores e que hoje-em-dia os marroquinos os adoram.

Numa terra em que as pessoas não gostam de ser fotografadas, apaixonámo-nos por estes animais e voltámos as objetivas para eles. As fotos que se seguem, além da sua doçura e encanto próprios, ilustram alguns dos locais por onde passámos na nossa viagem de carro por Marrocos.

Fotogaleria

Se gostou deste artigo, pode deixar um comentário e seguir o Facebook e o Instagram do Viagens à Solta. A si não custa nada e a nós motivar-nos-á a partilhar mais experiências de viagem.

Mais artigos sobre Marrocos:

One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *