To walk in nature is to witness a thousand miracles – Mary Davis


Maio é um dos meses em que mais gostamos de caminhar. Por isso, num fim-de-semana, voltámos às Montanhas Mágicas para fazer: no sábado, o percurso pedestre até à aldeia abandonada de Drave, em Arouca, e, no domingo, o Trilho dos Carvalhos, no município de Castro Daire.

O Trilho dos Carvalhos é um percurso circular de pequena rota (7,5 km) que passa por várias aldeias serranas como Campo Benfeito (pertencente ao grupo das “Aldeias de Portugal”), Cotelo, Gosende e Codeçal, atravessando ainda uma vasta área de turfeira, no vale do rio Balsemão.

Das aldeias que referimos, aconselhamos que se demore um pouco mais em Campo Benfeito, onde poderá visitar o Teatro Regional da Serra do Montemuro e as Capuchinhas, uma cooperativa de mulheres que se dedica a produzir e a vender peças de vestuário artesanais em linho, burel e lã, no espaço da antiga escola primária.

Quanto à área de turfeira no vale do Balsemão, esperávamos encontrá-la cheia de flores coloridas e borboletas azuis, mas a primavera é mais tardia nestas terras situadas acima dos mil metros de altitude. Logo, só vimos algumas flores e encontrámos os carvalhos e demais árvores ainda despidos.

Mesmo assim, não deixamos de testemunhar milagres ao longo do caminho.

A capucha, capa tradicional da mulher serrana, ainda é usada na Serra de Montemuro

Guia prático

Caracterização do PR 3 – Trilho dos Carvalhos

  • Percurso circular (bem sinalizado)
  • Início/ Fim: aldeia de Campo Benfeito, na serra de Montemuro
  • Extensão: 7,5 km
  • Duração: 2 horas
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Folheto informativo

Dicas

  • Na nossa opinião, este trilho não justifica que se viaje de longe de propósito para o fazer. No entanto, se estiver na zona, é um bom passeio, idealmente em finais de Maio/ início de Junho, altura em que nos disseram que estava tudo florido;
  • No inverno, o vale entre Campo Benfeito e Cotelo encontra-se alagado, pelo que se recomenda calçado impermeável;
  • Se quiser visitar as Capuchinhas, saiba que durante a semana estão abertas das 9 às 18 horas, com pausa para almoço. Durante o fim-de-semana, terá de ligar previamente para o nº 254 689 160, para marcar uma visita.

Onde comer

Em Campo Benfeito, não há restaurantes. O melhor é ir à aldeia da Gralheira, situada a 8 km (15 minutos) de distância. O restaurante Recanto dos Carvalhos é uma boa opção.

Caminhada realizada no dia 13 de Maio de 2018

Se gostou deste artigo, pode deixar um comentário e seguir o Facebook e o Instagram do Viagens à Solta. A si não custa nada e a nós motivar-nos-á a partilhar mais experiências de viagem.

Veja ainda:

5 Comentários

  1. Fantástico! Adorei todo o relato e todas as fotos 🙂
    Cumprimentos,

  2. Oi Paulo e Sofia,

    Fotografias lindas que nos convidam a pensar nos tantos lugares maravilhosos que precisam ser divulgados.
    Amei cada detalhe.
    Obrigada,
    Regina

  3. O recanto dos carvalhos é espetacular mas tambem recomendaria o restaurante típico do mezio… Já conhecem? recomendo!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *